Erros de Portugues, ortografia e gramática, na Web

Esta semana uma e-leitora de nosso blog se manifestou indignada pelos erros de ortografia e gramatica que ela encontrou em nossos textos.

Achamos que ela tem razão. E esta manhã discutimos o tema na reunião de integrantes do nosso grupo GQP-Gente que pensa. Uma decisão foi tomada: Os erros e incorreções vão continuar!

Tem uma incongruência nesta decisão, não tem? Pois é, mas a questão é que a maioria de nós acredita que a internet em si irá desqualificar as regras gramaticais e as peculiaridades de todas as línguas do planeta, forçando uma homogenização qualquer, baseada nas simplicidades da língua inglesa, que já possui um status universal, e é em sua estrutura realmente mais simples que o nosso português, ou o massivo cantonês, os vários idiomas cirílicos, e os pulverizados idiomas árabes.

Estamos certos em seguir esta linha? Não sabemos. Mas uma decisão precisava ser tomada, e esta nos pareceu a melhor por agora.

Já houveram outras iniciativas de homogenizar a lingua em todo o planeta. Todo mundo ja ouviu falar no Esperanto. Mas agora, a força e o poder da internet, com o Google tradutor na sela (sela mesmo, “montado a cavalo”), provavelmente decidir-se-a esta questão.

Mas e os nossos traços culturais? Nossa tradição? O conceito de pátria, de um povo?

Provavelmente já era. Não tem futuro. Acreditamos hoje que estamos a caminhar para um mundo onde seremos todos – brasileiros, americanos, franceses, russos, chineses e árabes – apenas terráqueos. E ponto.

E vc, o que acha?

Veja abaixo a opinião da Renata, do sul do Brasil, que provocou tudo isso:

Agradecemos a ela!

==========

Em 26 de abril de 2011 17:25, <re***@hotmail.com> escreveu:Nome: Ren***Assunto: Erros de portuguêsTelefone: ***Cidade: ***Mensagem: Eu gostei bastante do site, meu namorado me mandou uma matéria do blog pois eu gosto bastante do assunto. Mas por mais que seja um blog e ele é um pouco menos formal, eu penso que vocês poderiam cuidar dos erros de português, pois afinal vocês estão escrevendo matérias que estão disponíveis na internet, e no fim acaba envolvendo o nome da empresa GQP, e acaba ficando mal, existe o corretor do word que vocês podem estar usando para arrumar esses erros de acentuação. Eu vou continuar lendo o site, e recomendar para os meus amigos que também gostam do assunto pois o site é tem um conteúdo muito rico. Você estão de parabéns!
Att, Ren***Data: 26/04/11Ip: ***Hora: 17:25

====================================

From: ***@gentequepensa.com.br / Date: Tue, 26 Apr 2011 18:19:19 -0300/ Subject: Re: GQP – mensagem originada no site / To: re***@hotmail.com

mea culpa, mea culpa, mea maxima culpa…
Bom dia Ren***
Obrigado pelo seu contato, e principalmente obrigado pelo feedback ao nosso trabalho.
A principal razão para estes nossos erros que vc detectou é o html, o codigo que é a base para construção de nossos sites e blogs. 90% de toda a codificação virtual e padronização criadas e distribuídas na internet são em utf-8 en-en, enquanto que para a língua portuguesa do brasil, o pt-br, precisaríamos estar trabalhando com a iso-8859-1. O utf-8 é o padrão internacional baseado na lingua inglesa, ainda – a chinesada vem ai – dominante na web. Nosso portugues, com seus acentos e cês cedilhas é simplesmente desprezado para a maioria dos softwares, crawlers e robôs que vasculham a net. É vc colocar acento e ter caracteres truncados pra todo lado.

Por outro lado, muitos de nós profissionais de internet acreditam que a língua portuguesa será forçosamente modificada por causa da internet, perdendo suas características ao longo do tempo e se adaptando para uma linguagem mais universal, baseada na inglesa. Quem viver verá.

Outra razão: Dado o meio em que operamos, não usamos acentos. neste texto aqui vc ja deve ter observado a falta deles em varias palavras, fruto do meu habito de escrita voltada para a internet, ao atendimento online em multiplas telas ao mesmo tempo, etc.

Outro ponto: existe uma efemeridade nos textos eletronicos, na própria concepção da escrita e da informação por meio eletronico: não é um livro, que será encadernado e guardado em uma bela estante, é apenas informação rapida e mutante, circulante, repetida em vários sites, porem perdida em um emaranhado de trilhões de paginas eletrônicas pelo mundo afora. Pela própria rapidez com que o texto é gerado, publicado e descartado, substituido por um novo, mais atual, tudo fica parecendo rascunhos, e não obras acabadas. A baixa possibilidade de seu texto ser consumido por alguem, por ele ser apenas um grãozinho de poeira no deserto – universo? – da internet, porque se preocupar com a formalidade, se apenas a informação em si, inteligível, já é o suficiente? Pense um pouco nisto.

E por ultimo: nossos textos e conteúdos possuem diversos autores, e diversas fontes, e são publicados como chegaram, sem revisão gramatical nem ortográfica. Não usamos o word conforme vc citou, e sim outros editores de textos baseados em html e php, sem esta função de correção embutida.

Explicados os porquês, nada disso justifica e vamos levar sua mensagem para nossa proxima reunião, buscando normatizar isto.
Conforme escrito no inicio, é nossa a responsabilidade e devemos encara-la de alguma forma.
Cordial abraço, ***.
Att, Equipe GQP – Gente Que Pensa – WebsitesCriar seu site – Desenvolver seu site – Gestão de sites – www.gentequepensa.com.br

+++++++++++++++++++++++++

4 thoughts on “Erros de Portugues, ortografia e gramática, na Web

  1. Renata

    Gente,

    Adorei que vocês levaram isso a frente, sinceramente achei que não iriam dar muita importância.
    Provavelmente todas as acentuações gráficas irão sumir no futuro (para nossa felicidade! porque sim eu também odeio!)
    E agora só mais um humilde opinião, ou vocês pões tudo com acento, ou não põe nada com acento, porque parece que vocês não sabem escrever a palavra certa (não sei só mais uma opinião mim hehe)
    E espero que vocês não me achem chata.
    mandei mais um e-mail pra vocês hoje (mas dessa vez para pedir um orçamento!!!)

    Abraços!

  2. Lindamara

    “já “houveram” outras iniciativas”,não é erro de gramática;É atentado violento à língua portuguesa! ——Já “houve” iniciativas…Desculpa, aí!

Deixe um comentário seu!

%d blogueiros gostam disto: