Otimizar sites e blogs na internet. Pra que isso?

Muitas vezes sou questionado por clientes e prospects que querem saber que história é esta de trabalhar um site, otimizar. Pra que isso? Faz um site pra mim, hospeda ele em algum lugar e pronto, tá tudo certo. Não é?

Não.

Bem-vindos ao meu mundo!

 

Quero falar hoje da diferença entre dois tipos de sites na internet. Não falo de bonitos e feios, ou estáticos e dinâmicos, e muito menos de sites ou blogs. Todos estes são válidos, e se atendem bem ao seu cliente, são ótimos. Vamos tratar de sites com e sem gestão operacional, aquele site que é criado, publicado e esquecido, contra os sites que são permanentemente cuidados e otimizados.

Seu trabalho ou negócio — na forma de um site ou blog representativo — existir na internet já é um grande passo, mostra que você, seu trabalho e sua função profissional estão atuais, integradas e ligadas nos avanços da tecnologia e da evolução da nossa sociedade. Você faz parte de uma elite pensante, que percebeu os mercados onde atua e disputa, e se colocou a frente de um sem número de seus pares.

Mas e agora? Acabou? Nada disso, é apenas o início. Estar presente na web foi um primeiro passo. Fazer com que você, seu trabalho ou sua empresa sejam encontrados neste ambiente tão vasto é um novo e laborioso desafio.

 Não adianta apenas ter seu site na internet. É preciso fazê-lo acontecer!

A internet é um universo vasto, com trilhões de paginas eletrônicas publicadas, por todo o mundo:

O ponto aqui é bem simples: Como fazer com que o seu site ou blog seja encontrado e visto — consumido — em meio a tudo isso, pelas pessoas que desejam comprar — comprar aqui num sentido bem amplo, expressando adquirir ou consumir o seu trabalho, serviço ou produto — aquilo que vc oferece?

Aqui entra a gestão de websites, um esforço concentrado de técnicas, truques e diretrizes, permeadas pelo uso de ferramentas próprias, que visam otimizar seu site ou blog, tornando-o apto a de fato existir, ser encontrado, e proporcionar o retorno que dele esperamos — ser uma ferramenta de vendas e divulgação eficiente.

Um site vendedor! Isso mesmo; Se eu escrevo, em última análise quero vender meus textos, quero que eles sejam consumidos por alguém. Se fabricar vassouras, preciso que todo mundo que quer comprar uma vassoura possa me encontrar e compra-la de mim, e não do meu concorrente. E essa regra se aplica a todas as coisas, inclusive futebol e religião. 🙂 🙂

 

 

Os gráficos mostrados aqui , tomo emprestado das estatísticas de fluxo do website  www.kbrdigital.com.br, um dos meus mais recentes clientes. É um prazer ver gráficos assim, ascendentes, efetivos, acontecendo, trazendo pessoas e retornos, em todos os níveis. E são também uma demonstração clara da diferença que faz quando um site é bem trabalhado e otimizado, quando seu conteúdo é interessante e atrativo aos internautas.

Quem conhece Noga Sklar, editora e CEO da KBR, sabe que o dínamo de energia que ela tem incrustado em seu espírito é provavelmente o responsável pela maior parte do sucesso que estes gráficos apontam. Sua visão da internet, dos e-books e das redes sociais é perfeita, ela já é um ser vivo perfeitamente adaptado ao mundo virtual. Um bicho virtual. Uma outra chave para o sucesso de qualquer website ou blog, o comprometimento do seu responsável para com estes.

Uma brincadeira que faço para ilustrar bem o tema de hoje:

“Comprei um lindo CHAGALL para revitalizar minha casa, minha vida, encantar meus amigos, reavivar minhas energias, renovar meu universo!”

E pendurou atrás da geladeira… Ninguém vai ver. 🙁

Trabalhar seu site, otimizar, é tirar seu Chagall de trás de sua geladeira e coloca-lo na sala de visitas, onde possa ser facilmente visto, curtido, consumido, apreciado e valorizado pelos seus convidados.

Compreendeu? Tenha seu site, seu blog, é importante, é precioso, é o futuro. Mas lembre-se: Ele precisa ser encontrado.

Fiquem em paz e até a próxima.

post publicado também no Cronicas da KBR

 

2 thoughts on “Otimizar sites e blogs na internet. Pra que isso?

  1. Pingback: Otimizar sites e blogs na internet. Pra que isso? » Crônicas da KBR

  2. Pingback: Sebrae e Google juntos | GQP Websites Blog

Deixe um comentário seu!

%d blogueiros gostam disto: