Por que ter um site???

Somos no Brasil, segundo o IBOPE, mais de 14 milhões de internautas.
Destes, 91% procuram produtos e serivços na internet.
Você ainda vai ficar de fora?
O que é um site?
Um site é um programa desenvolvido para ser colocado na internet, que pode ser acessado através de um endereço do tipo www.suaempresa.com.br. Neste site constarão informações sobre sua empresa, produtos e tudo aquilo que lhe interessar divulgar, além de efetuar vendas, comunicação com o cliente, etc.
Por que ter um site?
Porque a Internet não é mais curiosidade, é uma necessidade de qualquer empresa estar neste novo meio. Além disso, a Internet é o veículo de comunicação mais rápido e barato de divulgar, vender, anunciar e acompanhar as demandas dos seus clientes.
Com o aumento da interatividade, segurança e velocidade, aliado à redução dos preços cobrados pelo acesso à rede, a Internet deixou de ser um mero instrumento de pesquisa para tornar-se uma ferramenta de marketing e vendas muito poderosa.
Pode-se dizer que a Internet é o canal de divulgação e vendas que mais cresce no Mundo. Só no Brasil já são mais de 14 milhões de Internautas, que diariamente estão procurando a solução de suas necessidades e desejos. Com toda certeza, seus clientes estão dentro deste universo e cada vez menos procurarão você por outros meios.
Desta forma, um Web Site pode conter todos os dados e/ou informações de seus produtos, servindo também de suporte a seus clientes.
Para que serve um site na internet?
Imagine o site da Web como uma mídia ou um escritório virtual, que não fecha nunca e pode ser acessado de qualquer lugar do mundo.
Existem milhares de maneiras de se usar um site para diversas finalidades. Os sites Web são multimídia – podemos ter texto, imagens gráficas, áudio e vídeo e são interativos – pode se escolher o que se quer ver na ordem desejada. O principal limite (fora os custos) para o que um site pode fazer, é a imaginação. Abaixo, alguns exemplos de usos dos sites:
Propaganda: um site Web é a sua presença na mais recente das mídias. Como mídia, a Internet é interativa, instantânea, de baixo custo e grande abrangência potencial, além de estar na moda… Não deixe seu cliente visitar o site do seu concorrente e não encontrar o seu…
Serviço ao Cliente: sites Web podem ser usados como atendimento ao cliente 24 horas por dia. O site pode conter instruções de uso de seus produtos, explicar os seus serviços, responder às perguntas mais frequentes de seus clientes, receber pedidos e cotações, coletar sugestões e críticas dos clientes, etc.
Escritórios e Lojas Virtuais: seu site Web pode desempenhar essas funções, mostrando seus produtos e serviços com explicações, fotos, vídeo e som. Ele pode inclusive receber pedidos dos clientes. Seu escritório ou loja virtual abre 24 h por dia para milhões de pessoas ao redor do mundo, e você não tem de contratar vendedores para sua loja virtual nem atendentes para os escritórios virtuais.
Publicação on-line de revistas e jornais da sua empresa: sem custos e de fácil atualização.
Catálogos Eletrônicos: use versões digitais de seus catálogos e manuais de produtos. Seus clientes podem solicitar seus catálogos eletrônicos 24 por dia e recebê-los imediatamente, atualizados sempre que necessários. Sem custo de impressão e sem custos de envio.
Custa caro ter uma homepage?
O preço de um site depende da necessidade do cliente, do projeto a ser desenvolvido, mas por certo é mais econômico do que os custos que a empresa gastaria com folders, além de possuir muitas vantagens sobre todas as mídias impressas.
O que não se pode fazer num site?
Quando você lê um jornal, é automaticamente atraído para anúncios bem feitos, coloridos e explicativos, ao mesmo tempo em que ignora completamente os anúncios mal-feitos (ou os olha para apenas pensar: “Que anúncio horrível. Lembre-se de nunca comprar nessa empresa”). O mesmo acontece com a Internet. Sites mal elaborados (onde o usuário tem que dar mil voltas para achar a informação que deseja) e com gráficos mal-feitos servem apenas para afastar clientes de sua empresa.
Não é mais possível pedir ao “sobrinho do seu amigo que entende de computador” para fazer um site para sua empresa. Um site é a imagem de sua empresa na internet e, assim como você não compareceria à uma reunião de bermuda e camiseta, seu site deve ser o mais bem elaborado possível. A WORLDESIGN utiliza os mais modernos recursos para a elaboração do seu projeto web site.
Existem muitos internautas no Brasil?
O levantamento feito pelo IBOPE eRatings.com apurou que, em setembro/2001, havia mais de 14 milhões de brasileiros com acesso à Internet. Este número engloba todas as pessoas que acessam a rede, seja no trabalho, em cyber cafés, faculdades, bibliotecas, etc. Já o número de Internautas nos domicílios, ou seja, que têm um computador com acesso à Internet em casa, foi de 13 milhões em fevereiro/2002. Os dados divulgados pelo IBOPE eRatings.com sobre o perfil dos usuários refere-se aos Internautas domiciliares. O uso da Internet nos domicílios brasileiros continua crescendo. Em maio/2002, 7,597 milhões de brasileiros acessaram a rede a partir de suas casas, contra 7,132 milhões em abril. O tempo gasto on-line também registrou um bom aumento: os brasileiros navegaram em média 9h 41m, quase 40 minutos a mais do que em abril (9h 03m).
Pesquisas feitas pelo Jornal do Brasil, em 1997, conclui que 45% dos internautas utilizam a internet principalmente para navegação nas páginas, pesquisas de produtos e serviços, etc. Outros 29% indicaram que o e-mail é a ferramenta mais importante da rede.
É possível vender pela internet?
Pesquisa realizada pelo jornal Gazeta Mercantil, em 1998, apurou que:
– 19% Já compraram
– 62% Pensam em comprar
– 19% Nunca comprariam
Em 2001, este quadro tornou-se ainda melhor: Segundo a revista IDGNow, O comércio eletrônico já é realidade para quase metade dos brasileiros que navegam na Internet. É o que mostra a 5ª Pesquisa Cadê?, realizada em parceria com o Ibope eSurvey. Segundo a análise, 43% dos internautas entrevistados já compraram pela Internet.
O diretor executivo do Ibope eSurvey, Adhemar Garcia Neto, destaca a segmentação do público. “Nesta 5ª edição podemos perceber que os internautas estão distribuidos em três segmentos distintos – a geração Web, os racionais e os emergentes. Todos acessam a Internet no mínimo uma vez por dia e têm como uma das finalidades o acesso aos e-mails”, afirma Garcia.
Ao todo, 78% dos entrevistados têm mais de 18 anos e, quando analisada a distribuição entre as faixas etárias de 18-24, 25-34 e de 35-54 anos, percebe-se que ela ocorre de forma bastante equilibrada. Outro dado relevante é a participação acentuada de usuários das classes A e B 77%.
O estudo mostra ainda que mais da metade dos internautas, 60%, está conectando-se mais em casa do que no trabalho. Depois do e-mail, diz a pesquisa, as razões mais importantes para a utilização da internet são, pela ordem: notícias, cultura geral/arte e diversão/lazer.
A análise indica também que os brasileiros têm boa receptividade com relação à publicidade online:
– 91% dos respondentes concordam que “a publicidade na Internet é importante para conhecer os produtos e serviços”;
– 80% a consideram criativa;
– 85% acham que ela facilita o acesso a produtos e serviços;
– 73% apontam que ela estimula a compra de produtos e serviços;
– 82% discordam da afirmação segundo a qual “ela (a publicidade online) não acrescenta nada à Internet”.
Nesta edição, a participação feminina também ganhou destaque, batendo 37% dos acessos. O levantamento aponta ainda que 54% dos internautas utilizam a Internet mais de uma vez por dia e 19% navegam uma vez por dia.
por: worlddesign.sites.uol.com.br/pqterumsite.html
Somos no Brasil, segundo o IBOPE, mais de 14 milhões de internautas.Destes, 91% procuram produtos e serivços na internet.
Você ainda vai ficar de fora?
O que é um site?
Um site é um programa desenvolvido para ser colocado na internet, que pode ser acessado através de um endereço do tipo www.suaempresa.com.br. Neste site constarão informações sobre sua empresa, produtos e tudo aquilo que lhe interessar divulgar, além de efetuar vendas, comunicação com o cliente, etc.
Por que ter um site?
Porque a Internet não é mais curiosidade, é uma necessidade de qualquer empresa estar neste novo meio. Além disso, a Internet é o veículo de comunicação mais rápido e barato de divulgar, vender, anunciar e acompanhar as demandas dos seus clientes.Com o aumento da interatividade, segurança e velocidade, aliado à redução dos preços cobrados pelo acesso à rede, a Internet deixou de ser um mero instrumento de pesquisa para tornar-se uma ferramenta de marketing e vendas muito poderosa.Pode-se dizer que a Internet é o canal de divulgação e vendas que mais cresce no Mundo. Só no Brasil já são mais de 14 milhões de Internautas, que diariamente estão procurando a solução de suas necessidades e desejos. Com toda certeza, seus clientes estão dentro deste universo e cada vez menos procurarão você por outros meios.Desta forma, um Web Site pode conter todos os dados e/ou informações de seus produtos, servindo também de suporte a seus clientes.
Para que serve um site na internet?
Imagine o site da Web como uma mídia ou um escritório virtual, que não fecha nunca e pode ser acessado de qualquer lugar do mundo.Existem milhares de maneiras de se usar um site para diversas finalidades. Os sites Web são multimídia – podemos ter texto, imagens gráficas, áudio e vídeo e são interativos – pode se escolher o que se quer ver na ordem desejada. O principal limite (fora os custos) para o que um site pode fazer, é a imaginação. Abaixo, alguns exemplos de usos dos sites:
Propaganda: um site Web é a sua presença na mais recente das mídias. Como mídia, a Internet é interativa, instantânea, de baixo custo e grande abrangência potencial, além de estar na moda… Não deixe seu cliente visitar o site do seu concorrente e não encontrar o seu…
Serviço ao Cliente: sites Web podem ser usados como atendimento ao cliente 24 horas por dia. O site pode conter instruções de uso de seus produtos, explicar os seus serviços, responder às perguntas mais frequentes de seus clientes, receber pedidos e cotações, coletar sugestões e críticas dos clientes, etc.
Escritórios e Lojas Virtuais: seu site Web pode desempenhar essas funções, mostrando seus produtos e serviços com explicações, fotos, vídeo e som. Ele pode inclusive receber pedidos dos clientes. Seu escritório ou loja virtual abre 24 h por dia para milhões de pessoas ao redor do mundo, e você não tem de contratar vendedores para sua loja virtual nem atendentes para os escritórios virtuais.
Publicação on-line de revistas e jornais da sua empresa: sem custos e de fácil atualização.
Catálogos Eletrônicos: use versões digitais de seus catálogos e manuais de produtos. Seus clientes podem solicitar seus catálogos eletrônicos 24 por dia e recebê-los imediatamente, atualizados sempre que necessários. Sem custo de impressão e sem custos de envio.
Custa caro ter uma homepage?
O preço de um site depende da necessidade do cliente, do projeto a ser desenvolvido, mas por certo é mais econômico do que os custos que a empresa gastaria com folders, além de possuir muitas vantagens sobre todas as mídias impressas.
O que não se pode fazer num site?
Quando você lê um jornal, é automaticamente atraído para anúncios bem feitos, coloridos e explicativos, ao mesmo tempo em que ignora completamente os anúncios mal-feitos (ou os olha para apenas pensar: “Que anúncio horrível. Lembre-se de nunca comprar nessa empresa”). O mesmo acontece com a Internet. Sites mal elaborados (onde o usuário tem que dar mil voltas para achar a informação que deseja) e com gráficos mal-feitos servem apenas para afastar clientes de sua empresa.Não é mais possível pedir ao “sobrinho do seu amigo que entende de computador” para fazer um site para sua empresa. Um site é a imagem de sua empresa na internet e, assim como você não compareceria à uma reunião de bermuda e camiseta, seu site deve ser o mais bem elaborado possível. A WORLDESIGN utiliza os mais modernos recursos para a elaboração do seu projeto web site.
Existem muitos internautas no Brasil?
O levantamento feito pelo IBOPE eRatings.com apurou que, em setembro/2001, havia mais de 14 milhões de brasileiros com acesso à Internet. Este número engloba todas as pessoas que acessam a rede, seja no trabalho, em cyber cafés, faculdades, bibliotecas, etc. Já o número de Internautas nos domicílios, ou seja, que têm um computador com acesso à Internet em casa, foi de 13 milhões em fevereiro/2002. Os dados divulgados pelo IBOPE eRatings.com sobre o perfil dos usuários refere-se aos Internautas domiciliares. O uso da Internet nos domicílios brasileiros continua crescendo. Em maio/2002, 7,597 milhões de brasileiros acessaram a rede a partir de suas casas, contra 7,132 milhões em abril. O tempo gasto on-line também registrou um bom aumento: os brasileiros navegaram em média 9h 41m, quase 40 minutos a mais do que em abril (9h 03m).Pesquisas feitas pelo Jornal do Brasil, em 1997, conclui que 45% dos internautas utilizam a internet principalmente para navegação nas páginas, pesquisas de produtos e serviços, etc. Outros 29% indicaram que o e-mail é a ferramenta mais importante da rede.
É possível vender pela internet?
Pesquisa realizada pelo jornal Gazeta Mercantil, em 1998, apurou que:- 19% Já compraram- 62% Pensam em comprar- 19% Nunca comprariam
Em 2001, este quadro tornou-se ainda melhor: Segundo a revista IDGNow, O comércio eletrônico já é realidade para quase metade dos brasileiros que navegam na Internet. É o que mostra a 5ª Pesquisa Cadê?, realizada em parceria com o Ibope eSurvey. Segundo a análise, 43% dos internautas entrevistados já compraram pela Internet.
O diretor executivo do Ibope eSurvey, Adhemar Garcia Neto, destaca a segmentação do público. “Nesta 5ª edição podemos perceber que os internautas estão distribuidos em três segmentos distintos – a geração Web, os racionais e os emergentes. Todos acessam a Internet no mínimo uma vez por dia e têm como uma das finalidades o acesso aos e-mails”, afirma Garcia.Ao todo, 78% dos entrevistados têm mais de 18 anos e, quando analisada a distribuição entre as faixas etárias de 18-24, 25-34 e de 35-54 anos, percebe-se que ela ocorre de forma bastante equilibrada. Outro dado relevante é a participação acentuada de usuários das classes A e B 77%.O estudo mostra ainda que mais da metade dos internautas, 60%, está conectando-se mais em casa do que no trabalho. Depois do e-mail, diz a pesquisa, as razões mais importantes para a utilização da internet são, pela ordem: notícias, cultura geral/arte e diversão/lazer.A análise indica também que os brasileiros têm boa receptividade com relação à publicidade online:
– 91% dos respondentes concordam que “a publicidade na Internet é importante para conhecer os produtos e serviços”;- 80% a consideram criativa;- 85% acham que ela facilita o acesso a produtos e serviços;- 73% apontam que ela estimula a compra de produtos e serviços;- 82% discordam da afirmação segundo a qual “ela (a publicidade online) não acrescenta nada à Internet”.Nesta edição, a participação feminina também ganhou destaque, batendo 37% dos acessos. O levantamento aponta ainda que 54% dos internautas utilizam a Internet mais de uma vez por dia e 19% navegam uma vez por dia.
por: worlddesign.sites.uol.com.br/pqterumsite.html

Deixe um comentário seu!

%d blogueiros gostam disto: