Quero fazer meu site, mas como?

Se a sua intenção for uma presença corporativa na WEB, ou divulgar o seu negocio, busque um webmaster profissional. Você cuida do seu negócio, e seu webmaster cuida de fazer seu site acontecer e se transformar no seu melhor e mais barato vendedor. orçamentos aqui.

Veja a seguir a opinião bastante interessante do Sr. Vagner Leitte, estudante de Web Design do Centro Paula Souza de Tupã – SP. Seu foco é na profissão web designer:

Muitas pessoas quando decidem fazer um site não tem a mínima noção de por onde começar. A grande maioria, quando se trata de um projeto profissional procura um web designer ou uma empresa de desenvolvimento de software especializada, nas muitos resolvem fazer por hobby e se perdem no meio do caminho.

Pra você que pretende fazer um site simplesmente por diversão e não pretende fazer carreira na área não precisa se preocupar muito com os detalhes do desenvolvimento de um website. Na maioria das vezes simplesmente criar um blog usando um serviço como o Tumblr ou o Blogger, ou simplesmente criar um site estático com HTML é suficiente.

Entretanto para quem quer saber se é essa a profissão que deseja seguir, ou simplesmente já decidiu e quer saber por onde começar aí vai algumas dicas.

A maioria das escolas de informática hoje em dia fornecem cursos de Web Design básico, nas alguns cursos específicos também existem. O Centro Paula Souza é referencia no estado de São Paulo e a unidade de Tupã possui esse curso. O Senac RJ também oferece esse curso, entretanto creio mais unidades também tem.

Uma boa busca na Internet pode te mostrar vários cursos no país. O meu conselho é que você pesquise a reputação da instituição que ministra o curso e converse com pessoas da área para obter mais informações.

Mas para que você tenha noção do que é o trabalho de um web designer, vou citar alguns dos conhecimentos que todo web designer deve ter.

-HTML (HyperText Markup Language) Linguagem de Marcação de Hipertexto. É a linguagem que serve de base para qualquer página na internet. Não se pode ter um website sem HTML. É o HTML que é responsável por dizer ao navegador (Internet Explorer, Google Chrome, Opera, etc) como a página deve ser exibida.

-CSS (Cascade Style Sheet) Folha de Estilo em Cascata. A CSS surgiu para suprir as limitações que o HTML tem. Com css você pode dizer ao navegador como o HTML deve se comportar. Como os atributos do HTML eram muito limitados a CSS surgiu para resolver esses problemas.

-JavaScript. É o JavaScript o responsável por algumas interatividades dos web sites, como a validação de formulários, as janelas de aviso entre outros. Funções avançadas podem ser feitas com JavaScript e o seu uso aliado a XML pode criar páginas altamente dinâmicas e funcionais.

-XML (Extensible Markup Language) é uma recomendação da W3C para gerar linguagens de marcação para necessidades especiais.

-Linguagens Script (PHP, ASP, JSP APS.NET). Conhecimentos de linguagens de scripts que são responsáveis pela interatividade bruta do site. As linguagens de scritp como o PHP são ServerSide, ou seja, executam no servidor diferentemente do JavaScript que é ClientSide e executa no navegador e envia comandos tanto para o usuário quando para o servidor.

-Conhecimentos de Banco de dados (Mysql, PostgreeSql, etc). Em sites dinâmicos os dados devem ser armazenados em algum lugar correto? Esse lugar é o banco de dados. Através de comandos de script podemos interagir com uma base de dados.

-Edição de Imagens(Photoshop, Gimp Fireworks, Corel Draw). Programas de edição gráfica são usados para desenvolver a interface gráfica, bem como editar todo o  conteúdo visual de um site.

-Animação (Flash, Image Ready). Criação de animações, banners e em alguns casos jogos utilizando tecnologias de animação.

-Conhecimentos da língua Inglesa. Todas as linguagens de programação ou marcação existentes são em inglês, assim como a maioria dos recursos utilizados, portanto o conhecimento da língua inglesa é o principal diferencial para o profissional dessa área.

-Noções de Lógica de Programação. É essencial compreender a lógica de programação para conseguir desenvolver códigos de programas eficientes e funcionais.

Esses são os conhecimentos básicos para seguir carreira como web designer, entretanto, existem muito mais tecnologias disponíveis no mercado e muito mais opções. Basta pesquisar e escolher o que melhor atende sua necessidade.

Origem: http://artforweb.wordpress.com/2011/02/19/quero-fazer-meu-site-mas-como/

Deixe um comentário seu!

%d blogueiros gostam disto: